PEQUENAS HISTORIAS





sábado, janeiro 31

8,30 HORAS




Trabalhamos quinze anos num sítio e uma manhã levantamo-nos, pomos a filha no infantário com a ideia de pegar às 8,30 horas, chegamos aos portões da fábrica e há um papelucho enfarinhado numa folha plastificada para proteger da chuva a dizer que o estabelecimento fechou e que não há mais trabalho para ninguém; quinze anos e arranjam esta maneira de nos comunicar que estamos despedidas ; nem sinto tristeza só revolta; tenho de pensar na minha filha , não posso agir emotivamente; para que é que server a provisão cautelar do sindicato? daqui a dois anos recebemos uns trocados e nessa altura já não nos serve de nada; morder o braço, morder o braço com força; são alemães os cabrões donos disto; nem lhes conheço o rosto para os combater; o dinheiro vai-me dar até Abril com sacrifício; alguém tem de fazer alguma coisa; gastava de bom grado o último dinheiro numa arma, que a minha filha me perdoasse. Mas se nem sei contra quem disparar...


Posted by Pequenas Histórias 16:32 ||









quarta-feira, janeiro 28

E-MAIL



Caros amigos:
É com tristeza que venho comunicar que o nosso colega do liceu, o António Borges ("papuças") morreu ontem devido a um acidente cardio-vascular. A pedido da família estou a tentar avisar todos os colegas que o velório decorre hoje na Igreja de Santo Estêvão, em Alfama. Peço o favor de informarem outros colegas, porque já perdi o contacto com a maior parte da turma. A Sara Costa está a preparar a deslocação dos que ficaram em Castelo Branco e precisamos de casas para as pessoas pernoitarem em Lisboa. Comuniquem por favor directamente com ela através do endereço saracm@hotmail.com, até às 17,00 horas de hoje.
Neste momento de infortúnio, lembramo-nos com saudade do António Borges e voltamos a juntar-nos devido a ele, que sempre foi um elo de união e um amigo de todos. Depois de ter estado em França, voltou para Portugal, há três anos, para fundar uma empresa de formação profissional, a INFORM. Deixou dois filhos, um rapaz de cinco anos e uma menina ainda bebé.
O velório decorre a partir das 21,00 horas. A melhor maneira de me contactarem é ligarem para o telemóvel: 918593445. Tenho saudades vossas. Um abraço. Ana.


Posted by Pequenas Histórias 09:27 ||













Licença Creative Commons
Sob a Licença de Creative Commons.